Ter um corpo ativo para uma mente desperta | Theralab Fisioterapia Neurofuncional

Blog

Blog Notícias

29

MAR 2020

Ter um corpo ativo para uma mente desperta

TheraLab | Tags:

Como você esta cuidando do seu corpo? E da sua mente? Eles são duas partes de um todo.  No livro Corpo ativo mente desperta dos autores Dr. John J Ratey e Eric Hagerman, descrevem a nova ciência do exercício físico com a relação entre corpo, cérebro e mente. Preparar o cérebro para aprender, melhorar o humor, diminuir a ansiedade e o stress entre outros benefícios que veremos em posts futuros.

Com tantas informações em diferentes lugares, encontramos nesse livro, de leitura fácil e descontraída, dados comprovados sobre o exercício em diferentes situações do nosso dia a dia. Em 10 capítulos vamos trazer uma resenha de cada um para motivá-los a encontrar a atividade física mais prazerosa para ter todos esses benefícios.

Título: Corpo ativo mente desperta: A nova ciência do exercício físico e do cérebro

Autores: Dr. John J Ratey e Eric Hagerman - Ano 2012

Introdução: fazendo a conexão

Todos nos sabemos que o exercício físico traz inúmeros benefícios, nos faz sentir melhor, mas a maioria das pessoas nem sabe por quê. Imaginamos que estamos liberando o stress, reduzindo a tensão muscular, liberando endorfinas. Mas o que a atividade física faz com o cérebro é muito mais fascinante do que ele faz pelo corpo. O exercício físico desenvolve e condiciona o cérebro. Nos nascemos para nos movimentar, o cérebro pensante evoluiu a partir da necessidade de aprimorar nossas habilidades motoras.

A inatividade é o maior mal hoje em dia, com vários artigos sobre diabetes, obesidade, sedentarismo, alimentação inadequada. Mas essa inatividade também mata o nosso cérebro, deixando-o atrofiado fisicamente.

Como será possível o exercício físico interferir tanto no nosso cérebro? Como ele afeta o humor, ansiedade e a atenção? Como nos protege contra o stress e auxilia a reverter alguns dos efeitos do envelhecimento?

já se sabe que os exercícios liberam alguns hormônios como a serotonina, norepinefrina, e dopamina – importantes neurotransmissores que transportam pensamentos e emoções.

O cérebro reage como os músculos, ele cresce com o uso e atrofia com a inatividade. Os neurônios se conectam como ramos de galhos e o exercício faz com que esses ramos cresçam e floresçam, aumentando a função cerebral num nível fundamental.

O exercício físico tem um efeito comprovado por diversos cientistas que estudam o interior das células cerebrais e todos os ingredientes essenciais que envolvem nosso pensar. O cérebro que comanda o espetáculo, ele é responsável por gerir todas as nossas atividades e funções, vontades e pensamentos. O exercício físico prepara o palco.

Ao compreender como a atividade física melhora o funcionamento mental, você se sinta motivado para incluir na sua rotina diária de um modo super positivo ao em vez de considerar algo que precisa ser feito. Você vai desejar faze-la, vai ter menos a ver com sobrevivência e sim com florescimento.

Alguns artigos já estão comprovando a eficácia do exercício físico mais que alguns medicamentos para a depressão e Alzheimer. Além de muitos outros artigos que vamos apresentar mais para frente. Mas já uma afirmação que o exercício exerce um profunto impacto sobre as habilidades cognitivas e saúde mental, é um dos melhores tratamentos para a maioria dos problemas mentais.

- E ai? Gostaram? Em breve colocaremos o primeiro capítulo sobre o start nos estudos que embasaram toda essa teoria.

Beijos, Camila.

 

Trindade - Florianópolis, SC

(48) 99988-5776